portfólio tatuador

Conheça 6 dicas imperdíveis para criar o seu portfólio de tatuagem

Mostrar aos seus clientes o resultado de trabalhos anteriores é a melhor maneira de provar para eles que você é o profissional ideal para tatuar a pele deles. Por isso mesmo, o portfólio de tatuagem é fundamental na divulgação do trabalho do tatuador.

O portfólio do tatuador deve apresentar os seus melhores trabalhos e para isso é importante também um cuidado no momento de tirar as fotografias, porque um problema com iluminação vai impedir que a imagem mostre toda a beleza do seu desenho. No ramo da tatuagem, a qualidade visual é extremamente importante para o sucesso de um portfólio.

Outra grande vantagem em apostar em um portfólio online é que sua arte vai conseguir alcançar muito mais pessoas o que, consequentemente, vai ajudar o seu nome a crescer e lhe trazer novos clientes.

“Um portfólio é extremamente importante para um tatuador, pois é onde ele mostra aos clientes todos os seus melhores trabalhos, o que ele mais gosta de fazer e direciona os clientes às suas preferências”, opina o tatuador Emir Nunes.

Mas como montar esse portfólio de forma positiva e ressaltando os seus pontos fortes? O que fazer e o que não fazer em um portfólio online? Existe alguma dica que pode ajudar quando o tatuador estiver fazendo uma curadoria dos seus melhores trabalhos? Pensando em todas essas perguntas, o blog Tudo Sobre Tatuagem preparou algumas dicas para lhe ajudar nessa tarefa. Confira:

1. Preocupe-se com a plataforma

Esse é um momento muito importante quando estiver montando o seu portfólio online. Existem muitos sites especializados para se montar e divulgar trabalhos na internet, como o Wix, Behance e o Portfolio Box.

Mas não basta escolher a plataforma. É preciso saber trabalhar com ela. Veja tutoriais na internet sobre como mexer nessas plataformas e, se possível, contrate um profissional para ajudar a criar e fazer a manutenção da plataforma onde estará hospedado o seu portfólio. 

É importante que o site tenha um toque de profissionalismo, porque isso vai ajudar a conferir credibilidade ao seu trabalho, o que aumenta as chances de conquistar a confiança dos potenciais clientes e de novos trabalhos.

2. Imagens profissionais

Existem muitos fatores que auxiliam no resultado de uma imagem, como a iluminação ou o ângulo em que a foto é tirada. Por isso, é muito importante ter bastante cuidado e atenção no momento de fotografar os seus trabalhos.

O primeiro passo é ter uma boa câmera em mãos: pode ser de celular ou profissional. O importante é que a resolução da câmera seja boa para que o seu público possa ter a melhor visualização possível dos seus trabalhos, inclusive dos detalhes dos desenhos.

No momento em que for fazer uma foto da arte finalizada, é essencial ter cuidado com a iluminação do local. Se possível, use refletores e uma iluminação amarelada. Evite também que a imagem saia com sombras. É bom apostar em fotografias em diferentes ângulos, para que você possa selecionar qual o melhor para ser divulgado em suas redes sociais ou no site do seu portfólio.

É extremamente importante que o desenho esteja bem enquadrado, porque isso vai dar um ar mais profissional para a imagem. Além disso, cuidado para que a imagem não fique desfocada.

A tattoo também precisa ser fotografada no momento certo. O ideal é que ela esteja cicatrizada quando você for fazer a imagem, garantindo que o resultado final seja mais real.

3. Diferencial

Qual o diferencial do seu trabalho? É muito importante que o seu portfólio responda a essa pergunta. Há muitos tatuadores que conseguem fazer bem desenhos de determinados estilos, então o que garante que você seja um destaque dentre tantos profissionais?

Para o tatuador Emir Nunes, uma boa maneira de mostrar o seu diferencial é colocar em seu portfólio trabalhos que tenham sido desenhados e montados exclusivamente para o seu cliente. Tatuagens autorais bacanas mostram que apenas você tem a oferecer aquele tipo de arte. Selecione as melhores e coloque em destaque em seu portfólio.

4. Divulgue suas especialidades

Mesmo que você consiga se sair bem com a maioria dos estilos de tatuagem, tem sempre aquele que é de sua preferência e que você é especialista, não é mesmo? É importa que isso fique claro no seu portfólio, porque assim você vai atrair o público ideal para o seu estúdio.

Quando estiver selecionando as imagens para o seu portfólio, lembre-se de destacar aquelas que representam a sua especialidade. Se você é especialista em retratos e pontilhismo, então é preciso destacar imagens de tattoos desse estilo em seu portfólio, porque certamente vai atrair clientes que estejam interessados em desenhos nesse estilo.

É importante também fazer a separação das imagens por estilos e tipos. Crie uma categoria para retratos, flores, animais, pontilhismo, e assim por diante. Isso vai ajudar a quem estiver visitando o seu portfólio encontrar de forma mais rápida pelo conteúdo que ele busca. Não precisa encher de categorias, mas é bom pensar em algumas para agrupar as imagens.

5. Ordene as fotos por complexidade

Comece a organizar as fotos dos seus trabalhos por aquelas mais simples, que possuem poucos detalhes. Assim, você vai ganhando a atenção dos possíveis clientes, aumentando a complexidade dos desenhos a medida que ele vai passando pelo o álbum.

“Para fechar com chave de ouro, coloque nas últimas páginas do seu portfólio os seus melhores e mais indispensáveis trabalhos, para que o cliente termine de ver o seu portfólio e fique encantado, querendo fechar imediatamente uma tattoo com você”, diz Emir Nunes.

6. Mantenha o portfólio sempre atualizado

Essa é uma dica essencial. Se você trabalha todos os dias, certamente tem sempre novos trabalhos para mostrar e talvez o seu melhor trabalho até então tenha surgido depois da confecção do portfólio. Então, é fundamental que você continue atualizando ele, colocando imagens novas e excluindo fotos onde você observou que a técnica não estava tão boa quanto imaginava.

Ah, é sempre bom ressaltar que em hipótese alguma você deve usar fotos de outro profissional e dizer que é sua. Além de antiético, isso certamente derrubará sua reputação caso seja descoberto.

Agora que você já está por dentro das dicas de como montar um bom portfólio de tatuagem, é hora de colocar a mão na massa e criar o seu portfólio. Bom trabalho!

Deixe sua Pergunta ou Comentário: