Blog

COMO TATUAR EM ÉPOCA DE CORONAVÍRUS? 10 DICAS FUNDAMENTAIS.

O coronavírus está presente, mas não há motivo para pânico e sim para precaução e cuidados. Siga as dicas, reforce a biossegurança e aproveite a época para realizar sua arte com tranquilidade.

Se pararmos para analisar, o mundo da tatuagem sempre esteve preparado para lidar com vírus e bactérias.  Isso faz parte do cotidiano de tatuadores que há anos lidam com pessoas que podem estar infectadas por vírus como H1N1, Sífilis, HIV, dentre outros.

Ao contrário de outros setores afetados pelo COVID-19, o que se observa é que em alguns estúdios de tatuagem o número de atendimentos tende a aumentar nos próximos meses, considerando que alguns clientes que não tinham tempo para marcar suas sessões de tattoo agora estão com mais tempo livre, pois estão suspensos de seus trabalhos ou trabalhando em esquema remoto, com horários flexíveis.

Portanto, esse é um bom momento para seguir e reforçar as boas práticas dos estúdios de tatuagem, seguindo o exemplo daqueles que já mantém alto padrão de atendimento e higiene.

Nossa reportagem ouviu tatuadores e gestores de estúdios que são referência em suas cidades e também especialistas de um dos maiores produtores e importadores de itens de tatuagem do mundo, o Grupo Amazon Tattoo. Confira as dicas abaixo e tatue mais tranquilo.

  • 1. Reforce todos os cuidados de biossegurança do seu estúdio.
  • 2. Os equipamentos como macas, apoios de braço e cadeiras de tatuagem devem estar a uma distância mínima de 2m entre eles. Se possível, tatue apenas um cliente em cada horário em seu estúdio. Se 2 ou mais clientes estiverem sendo tatuados ao mesmo tempo, respeite a proporção de 6m2 para cada cliente.
  • 3. Lembre que macas, apoios de braço e cadeiras de tatuagem do estúdio devem ser sanitizados (limpos com produtos desinfetantes como álcool, água sanitária ou produtos desinfetantes) a cada troca de clientes, ou seja: antes de atender um cliente, limpe bem todas as superfícies e cubra as mesmas com filme plástico e folhas de papéis descartáveis.
  • 4. Tatuadores devem usar máscaras e luvas obrigatoriamente, em todas as etapas da tatuagem, inclusive na aplicação de decalques na pele. As máscaras de proteção devem ser trocadas a cada 2 horas, pois após este período perdem a sua eficácia. O cliente a ser tatuado também deve usar máscara de proteção durante a tatuagem, mesmo que não apresente sinais visíveis de infecção por COVID-19. Este é um cuidado extra que garante que o trabalho da tatuagem possa seguir com tranquilidade. Lembre de todos esse cuidados ao registrar seu trabalho em fotos em vídeos.
  • 5. Ao agendar a tatuagem, ainda pelo telefone, e-mail ou whatsapp, o estúdio deve fazer uma triagem prévia perguntando ao cliente viajou para países da Ásia, Europa e América do Norte ou se teve contato direto com pessoas que viajaram para tais continentes nos 15 dias anteriores à data agendada para a tatuagem. Também deve perguntar se o cliente  apresenta algum sintoma compatível com o coronavírus. 
  • 6. Aquele delicioso cafezinho, cappuccino ou água devem ser servidos aos clientes em copos descartáveis e guardanapos de papel, preferencialmente, para evitar contágio. Não é a opção mais ecológica, mas a mais prudente nesta fase de pandemia. Se optar por manter os materiais de vidro ou cerâmica, lave muito bem com detergente para louças e troque as buchas frequentemente.
  • 7. Solicite que clientes e funcionários lavem as mãos e rosto imediatamente ao chegarem no estúdio, antes de qualquer procedimento. Também pode ser utilizado o álcool 70% ou álcool em gel. Tatuadores, mais do que nunca, devem higienizar muito bem as mãos antes e após cada tatuagem e ao chegarem ao estúdio. Recomenda-se a lavagem de mãos várias vezes ao dia. Mantenha potes de álcool em gel no balcão de atendimento e nas áreas comuns do seu estúdio. É bom que os clientes vejam os tatuadores dando o bom exemplo de higienizar suas mãos – lembre que o tatuador é sempre “a referência” em seu estúdio.
  • 8. Aquele delicioso cafezinho, cappuccino ou água devem ser servidos aos clientes em copos descartáveis e guardanapos de papel, preferencialmente, para evitar contagio. Não é a opção mais ecológica, mas a mais prudente nesta fase de pandemia. Se optar por manter os materiais de vidro ou cerâmica, lave muito bem com detergente para louças e troque as buchas frequentemente.
  • 9. Reforce a limpeza e higiene do seu estúdio. De duas a três vezes por dia, realize a limpeza dos balcões e áreas comuns que entram mais em contato com seus clientes, usando água sanitária, produtos de limpeza específicos ou mesmo álcool. Lembre de limpar a máquinas de cartão de débito/crédito. Banheiros também devem ter limpeza reforçada. Areje seu estúdio com janelas abertas algumas horas por dia.
  • 10. Mantenha o alto astral.  Lembre que tatuar é sempre um momento único e marcante na vida de um cliente a ser tatuado! É a realização de um sonho ou de um desejo. Seja prudente, mas mantenha a energia positiva.

Colaboraram nesta matéria:

Cynthia Tattoo, tatuadora, Belo Horizonte
@cynthiatattoo

Diego Rangel, tatuador líder, Estúdio Família Rangel, Salvador-BA
@rangeltattoo

Isaac Tocinho, tatuador, Salvador-BA
@isaactocinho

Miss Deva, Gerente do Shimizu Tattoo, São Paulo-SP
@shimizuart

Rodrigo Catuaba, tatuador, Nova Friburgo-RJ
@rodrigocatuaba

Rodrigo Hirose, Gerente de Comunicação, Grupo Amazon Tattoo, Brasil
@grupo_amazon

Deixe sua Pergunta ou Comentário: